• Português (PT
  • Deutsch (Deutschland)
  • English (UK)
 
Instagram

Jaqueline Freitas, Categoria: Eventos,
O Natal na Madeira

O Natal tem para o povo madeirense um encanto especial único no mundo. O “Dia de Festa” está relacionado em todo o sentido da palavra com costumes e tradições da ilha.

É habitual utilizar as expressões “para a Festa”, “o porco da Festa”, “o mês da Festa”, “depois da Festa”, tomando como referência a data adoptada para a celebração do nascimento de Jesus.

É uma época repleta de tradições, em que muito nobilitam a etnografia e o folclore revelando o «histórico» da alma dos madeirenses. Ainda hoje, essas tradições perpetuam-se no tempo!

São apresentados aqui alguns dos costumes de tradições do Natal na Ilha da Madeira, embora o ideal seja ver com os seus próprios olhos o quão maravilhoso é estar aqui nesta altura do ano.


Iluminações de Natal

O Natal sai à rua no dia 1 de dezembro. Milhares de luzes iluminam as ruas, edifícios, jardins, vales e montanhas da ilha.

Deslumbrem-se com a criatividade, a harmonia, e as cores vibrantes das nossas iluminações de Natal.

Aqui ficam algumas imagens para vos aguçar a curiosidade.


 


Presépios

A partilha, a união, as idas à missa e outros costumes da religião católica, encontram-se bem marcados nesta época festiva.

Manda a tradição, que as famílias construam um presépio ou uma “lapinha” madeirense, onde o menino Jesus se encontra no topo de umas escadas decoradas com frutas, tais como a tangerina.

Esta tradição presta homenagem ao nascimento do menino Jesus, na noite de Natal.

Na placa central da Avenida Arriaga, no Funchal e um pouco por toda a ilha, podem encontrar inúmeros presépios, exemplificativos da criatividade, tradição e devoção dos madeirenses.


Missas do Parto e Missa do Galo

As missas do Parto são um dos acontecimentos mais marcantes do Natal Madeirense. Do dia 16 ao dia 24 de dezembro celebram-se 9 missas do parto, representativas dos 9 meses de gestação da Virgem Maria.

Estas missas ocorrem de madrugada e são acompanhadas por cânticos de devoção e louvor à Virgem do parto. Celebram-se um pouco por toda a ilha, como símbolo de partilha e união à comunidade local.

Quando termina a missa, a celebração continua no adro de algumas igrejas, com canções de Natal e comes e bebes.

A missa do Galo é celebrada no dia 24 de dezembro à meia-noite. Nas igrejas, renovam-se os votos de esperança e paz, com o nascimento do Menino Jesus.

As celebrações continuam em família, nas casas particulares e nos hotéis, sem esquecer a troca de presentes que faz a alegria das crianças.

 
Instagram
|